Raquel Varela. História do Povo na Revolução Portuguesa (1974-75).

Biblioteca / 2010-2021

Raquel Varela. História do Povo na Revolução Portuguesa (1974-75)

Lisboa: Bertrand Editora, 2014, 535 páginas.

ÍNDICE

PREFÁCIO

INTRODUÇÃO: PORQUÊ UMA HISTÓRIA DO POVO?

«O POVO JÁ NÃO TEM MEDO»

MAIO, MADURO MAIO

A VITÓRIA DAS REVOLUÇÕES ANTICOLONIAIS E O MITO DA «REVOLUÇÃO SEM MORTOS» GREVE, ISTO É, «DESORGANIZAR O PROCESSO PRODUTIVO»

      Cronologia de greves, manifestações e outros movimentos operários e sociais entre 25 de abril de 1974 e 28 de setembro de 1974

HOJE PORTUGAL, AMANHÃ ESPANHA

AUTOGESTÃO: A CRISE ECONÓMICA E A LUTA CONTRA OS DESPEDIMENTOS

AS COMISSÕES DE TRABALHADORES E A DISPUTA SINDICAL

      Cronologia de greves, manifestações e outros movimentos operários e sociais entre 29 de setembro de 1974 e 7 de fevereiro de 1975

«AQUI FICA A CRECHE» — PROPRIEDADE DO SOLO, LUTAS URBANAS E COMISSÕES DE MORADORES NA REVOLUÇÃO

O CONTROLO OPERÁRIO NA REVOLUÇÃO PORTUGUESA

O «DIREITO AO TRABALHO» E O NASCIMENTO DO ESTADO SOCIAL

      Cronologia das greves, manifestações e outros movimentos sociais entre 8 de fevereiro de 1975 e 10 de julho de 1975

OS ARTISTAS COM A REVOLUÇÃO

«MULHER NA DEMOCRACIA NÃO É BIOMBO DE SALA»: REPRODUÇÃO SOCIAL E VIDA PRIVADA NA REVOLUÇÃO

V GOVERNO: UM GOVERNO FRÁGIL, UM ESTADO SUSPENSO

      Cronologia das greves, manifestações e outros movimentos operários e sociais entre 11 de julho de 1975 e 7 de setembro de 1975

«A TERRA A QUEM A TRABALHA». A REFORMA AGRÁRIA NA REVOLUÇÃO

«PRIMEIRO FAZEM-SE PLENÁRIOS E DEPOIS É QUE SE CUMPREM AS ORDENS.» O OUTONO QUENTE DE 1975 E A CRISE REVOLUCIONÁRIA

      Cronologia das greves, manifestações e outros movimentos operários e sociais entre 8 de setembro de 1975 e 25 de novembro de 1975

DEMOCRACIA E REVOLUÇÃO: O DEBATE SOBRE O SIGNIFICADO DA REVOLUÇÃO DOS CRAVOS

      «À procura do socialismo»

      Um «golpe de generais»? Um debate com Rui Ramos

      Revolução ou transição? Entre a história e a politologia

      Revolução e democracia: que democracia?

      Uma revolução derrotada por um regime democrático eleitoral

      Contrarrevolução e pacto social

FONTES E BIBLIOGRAFIA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.